Por que você pode (e deve) participar do Fórum de Suporte da Comunidade WordPress

Muita gente acha que quando precisa de ajuda com WordPress o único caminho é ir para as (geralmente nada simpáticas) redes sociais ou contratar profissionais para resolverem o problema e tirarem dúvidas básicas, mas existe um grupo de voluntários que oferecem ajuda em português nos fóruns oficiais do WordPress Brasil.

Não importa se você é iniciante, expert, desenvolvedor, designer ou produtor de conteúdo, o Fórum de Suporte reúne diversos profissionais que estão dispostos a ajudar. Quando este post foi publicado, já havia 22.138 tópicos e 57.792 respostas. Mas a demanda só cresce, e o fórum precisa de mais colaboradores para responder as dúvidas de todos.

Por que usar o fórum para tirar dúvidas

  • É gratuito, livre e em português: os fóruns são mantidos apenas por voluntários, que oferecem o tempo para ajudar quem ainda está começando ou até pessoas mais experientes e desenvolvedores que se deparam por dúvidas pontuais. Além disso, tudo é feito por pessoas que falam o mesmo idioma que você e que poderão entender o que você está passando com mais clareza.
  • Tudo é indexado no Google: a sua dúvida pode ajudar outras pessoas que estão buscando sobre isso.
  • Qualidade no suporte: Como os tópicos são indexados nos mecanismos de pesquisa, os colaboradores ficam à vontade para colocarem mais tempo nas respostas, o que geralmente traz explicações muito melhores do que as encontradas em redes sociais.
  • Código de conduta: ninguém faz piadas/bullying com quem faz uma pergunta de iniciante.
  • Acesso liberado nas empresas: algumas empresas bloqueiam acesso a redes sociais, como o Facebook.
  • É uma ótima forma de começar a ter contato com a comunidade do WordPress Brasil (mesmo que pedindo ajuda).

Como participar

O Fórum é público e pode ser acessado pelo link https://br.wordpress.org/support/boas-vindas/

Para criar tópicos com dúvidas, ou responder perguntas, é preciso se cadastrar no fórum. Você pode criar uma conta em https://login.wordpress.org/register?locale=pt_BR

Quem dá também recebe

O WordPress é a plataforma de mais de um terço dos sites do mundo por causa da natureza colaborativa. A Fundação WordPress criou a iniciativa Five for the Future, na qual defende que, se todos que trabalham com WordPress dedicarem 5% do tempo que passam trabalhando ao WordPress como contribuidores, o sistema vai crescer num ritmo ainda mais rápido. Isso equivale a duas horas por semana. Voluntários podem doar seu tempo fora do horário de trabalho, mas há casos de empresas que colaboram com o Five for the Future combinando com os funcionários que eles dedicarão esse tempo de contribuição para o WordPress em horas pagas.

Existem várias maneiras de colaborar: na organização de meetups e WordCamps, na tradução da plataforma (ou de temas e plugins), encontrando erros no código-fonte do core e ajudando a resolvê-los. A mais universal, no entanto, é ajudar no fórum de suporte, porque mesmo pessoas que não estão em cidades com comunidades WordPress, não têm domínio de código, nem de um segundo idioma, podem ajudar. Você só precisa de tempo, um computador e conexão à internet.

Além da sensação de devolver à comunidade, colaborar no fórum ajuda a desenvolver a reputação dos voluntários. O histórico de respostas fica registrado no perfil, demonstrando o conhecimento que aquele profissional tem e, principalmente, o espírito colaborativo. Ambos são valiosos para futuras oportunidades de carreira.


Esse post teve colaborações de Felipe Santos e Stephanie Ferreira.

Líderes do WordPress indicadas para o CMX Awards

Duas integrantes da equipe de liderança do WordPress foram indicadas pelo excelente trabalho em suas áreas no primeiro Community Industry Awards, o Prêmio da Indústria Comunitária, de todos os tempos. Andrea Middleton é indicada como Líder Executiva de uma Equipe da Comunidade e Josepha Haden Chomphosy é indicada como Profissional da Comunidade do Ano.

A CMX é uma das maiores organizações profissionais dedicadas aos construtores de comunidades. Os prêmios foram abertos à indicação pública e os finalistas foram escolhidos por um juri composto por seus pares na comunidade CMX.

Andrea tem sido uma estrategista vital da comunidade para o projeto WordPress desde 2011. Seu trabalho para criar e apoiar uma comunidade vibrante contribuiu para o sucesso do popular CMS de código aberto. Seu trabalho é patrocinado pela Automattic, onde ela lidera uma equipe que se concentra em esforços educacionais, financiamento e eventos pessoais conduzidos pela comunidade que atendem a uma base global.

Josepha é diretora executiva do projeto WordPress desde 2019. Seu trabalho para coordenar e orientar os esforços voluntários abrange 20 equipes e envolve milhares de voluntários. Seu trabalho também é patrocinado pela Automattic, onde ela lidera a divisão de código aberto que se concentra em todos os aspectos da contribuição de código aberto, incluindo design, desenvolvimento, envolvimento de voluntários e a saúde do ecossistema geral do WordPress.

Votação aberta

Os finalistas são escolhidos com votação aberta — se você sente que Andrea ou Josepha tiveram um impacto em sua carreira, em sua trajetória no projeto WordPress ou na saúde do WordPress como um todo, existem três maneiras de mostrar seu apoio:

  • Vote agora! Andrea aqui, Josepha aqui!
  • Compartilhe este post com suas próprias comunidades!
  • Publique em seu Twitter alguns pensamentos inspiradores sobre a sua experiência com o WordPress. Não se esqueça de usar a hashtag #WordPress!

Agradecimentos

Muito cuidado e paixão são necessários para tornar o Projeto WordPress o mais fantástico possível. Acho que esses prêmios refletem o quão maravilhosa a comunidade e o ecossistema são e aprecio a confiança contínua de todos na minha administração!

Josepha Haden Chomphosy

Os organizadores da comunidade WordPress são algumas das pessoas mais generosas e criativas do mundo — trabalhar com eles é emocionante e interessante todos os dias. Sinto-me honrada com esta indicação. Obrigada!

Andrea Middleton

State of the Word: A história dos slides

Durante o State of the Word no WordCamp US 2019, Matt Mullenweg compartilhou que o Gutenberg foi usado para criar seus slides e a apresentação foi desenvolvida com o plugin Slides. Usar o WordPress para alimentar uma apresentação com slides não é uma escolha óbvia, portanto, queríamos mostrar o processo e dar algumas dicas para criar slides usando o Gutenberg.

Este post foi escrito por Ella e Tammie, que (juntamente com Mel, Mark, Enrique, Q e um elenco de apoiadores) ajudaram a criar o slide de apresentação do State of the Word deste ano.

Como começou

Ella Van Durpe foi selecionada para falar no JSConf e ReactEurope e precisava de slides para sua apresentação.

No passado, ela usava o Reveal.js para criar slides e desfrutava da liberdade de criar qualquer coisa usando HTML, CSS e JavaScript. Essas linguagens eram confortáveis, familiares e também podem ser publicadas na Web em seu formato nativo.

Para essas novas apresentações, ela queria usar o Reveal.js novamente, mas não queria escrever todo o HTML manualmente. Criar blocos de conteúdo visualmente, sem precisar escrever nenhum código, que possa ser publicado nativamente na Web, é exatamente para o que o Gutenberg foi criado.

O protótipo do plugin foi criado rapidamente, com estilos codificados nos slides e zero opções. No final de cada apresentação, Ella compartilhou uma breve demonstração dos slides baseados no Gutenberg e o público ficou surpreso.

Quando o WordCamp US se aproximou, Ella sugeriu que seu plugin fosse usado para o State of the Word. Como foi um sucesso tão grande com os membros de sua audiência, parecia que essa seria uma ótima chance de compartilhá-lo com a comunidade do WordPress como um todo.

Como funciona

Informações técnicas

O plugin registra um tipo de post personalizado chamado “Apresentação” e um novo bloco “Slide”. O bloco de slides é uma espécie de bloco “Grupo” aprimorado, restrito à raiz do post, mas você pode colocar qualquer outro bloco dentro dele. Como resultado, você tem um post preenchido apenas com slides na raiz e slides com conteúdo. Isso mapeia perfeitamente a marcação Reveal.js, que requer conteúdo nos elementos da seção HTML.

Como esses slides têm design próprio, os estilos de tema são desativados e o estilo é definido em cada slide. Um modelo de apresentação personalizado é fornecido pelo plugin para renderizar o post personalizado no front-end.

Ella adicionou opções para estilizar os slides. Por exemplo, ela adicionou opções para controlar o plano de fundo e a fonte do slide, tanto no nível do documento quanto no nível do slide individual. Ela também adicionou as opções Reveal.js, que permitem alterar o estilo e a velocidade da transição. Por fim, ela adicionou um campo CSS personalizado para permitir a substituição de estilos.

Para o State of the Word, ela também adicionou anotações do orador e uma visualização do orador.

Como foi projetado

A inspiração para os designs de slides veio das capas dos álbuns Blue Note (que também foram a inspiração para os slides do State of the Word de 2011). Essas capas de álbuns inspiraram a recente página “Sobre” do WordPress e o conteúdo inicial do novo tema Twenty Twenty. Esse estilo consiste em formas geométricas fortes e formas simples com linhas limpas. Fotografia e tipografia arrojada estão no centro desse visual.

Várias paletas de cores e pareamentos de fontes foram explorados antes de selecionar a melhor combinação para a apresentação.

Foi necessário um forte elemento fotográfico para os slides. Os WordCamps anteriores são uma ótima fonte de fotos, então pesquisamos em galerias de vários anos para encontrar as fotos certas. Com cores, fontes e fotos, lançamos as bases para construir o conjunto de slides.

Dicas para criar slides no Gutenberg

Dica #1: As colunas são suas amigas

Se você deseja slides com um layout preciso, use colunas. Como você pode ver aqui, usamos um layout de 3 colunas para centralizar o conteúdo em um slide:

Dica #2: Blocos espaçadores são úteis

Deseja realmente desbloquear o poder das colunas? Combine-as com o bloco espaçador! Usamos blocos espaçadores para posicionar o conteúdo sobre as imagens de fundo, como neste slide:

Dica #3: Teste em telas grandes

É importante visualizar e testar seus slides conforme você avança. Certifique-se de projetar para o tamanho e a proporção do projetor que você usará e faça uma verificação visual no modo de apresentação de tempos em tempos.

Dica #4: Confira seus vídeos

Um bom vídeo de demonstração é essencial para mostrar novos recursos. Joen Asmussen tem um ótimo post sobre a criação de vídeos de demonstração eficazes (em inglês).

Lições aprendidas

Eu adoraria tornar as composições direcionadas à arte mais fáceis de criar.

Mel Choyce-Dwan

Uma grande melhoria, à medida que Gutenberg evolui, é que a direção de arte ficará mais fácil. Mesmo com as melhorias deste ano, a criação de alguns layouts com o Gutenberg foi mais complicada do que o esperado. Para as composições mais complicadas, contamos com SVGs. Eventualmente, a necessidade de soluções alternativas deixará de existir e um novo mundo de possibilidades interessantes será aberto a todos.

Os navegadores ofereceram um dos nossos maiores aprendizados nesta apresentação, mais do que ofereceriam se você usasse o Keynote ou o PowerPoint, por exemplo (ferramentas que a maioria de nós já usou). Frequentemente, descobrimos que o que criamos no editor variava quando visualizado em tela cheia. Conseguimos atenuar isso atualizando o plugin para usar um tamanho fixo, em vez de usar a janela inteira do navegador.

Resumindo

Se você quiser conferir o State of the Word, assista ao vídeo (em inglês) e leia tudo sobre ele em um post (em inglês).

O plugin Slides está disponível no repositório de plugins, e você também pode obter o código no GitHub e ajudar na tradução.

Pesquisa anual 2019

Chegou a hora da nossa pesquisa anual de usuários e desenvolvedores! Se você é um usuário ou profissional do WordPress, queremos saber o que você pensa.

Leva apenas alguns minutos para preencher a pesquisa (em inglês), que fornecerá uma visão geral de como as pessoas usam o WordPress. Temos o prazer de anunciar que, este ano, pela primeira vez, a pesquisa também está disponível em outros 5 idiomas: francês, alemão, japonês, russo e espanhol. Agradecemos aos voluntários da comunidade que ajudaram no esforço de tradução!

A pesquisa ficará aberta por 4 semanas e os resultados serão publicados neste blog. Todos os dados serão anonimizados: nenhum endereço de e-mail ou endereço IP será associado aos resultados publicados. Para saber mais sobre as práticas de privacidade do WordPress.org, consulte a política de privacidade.

Capacitando gerações de nativos digitais

A tecnologia está mudando mais rapidamente a cada ano. A alfabetização digital pode variar entre as idades, mas existem várias maneiras pelas quais diferentes gerações podem trabalhar juntas e capacitar cada uma delas como cidadãos digitais.

Não importa se você é pai, mãe ou responsável, se é professor ou mentor, é difícil saber a melhor maneira de ensinar às gerações mais jovens as habilidades necessárias para ser um excelente cidadão digital. Se você não está confiante em suas próprias habilidades tecnológicas, pode se perguntar como pode ajudar as gerações mais jovens a se tornarem cidadãos digitais mais experientes, mas usar a tecnologia com responsabilidade é mais que apenas habilidades técnicas. Ao colaborar através das gerações, você também pode fortalecer as habilidades de todos os membros da sua família e oferecer um entendimento compartilhado do que a Internet pode fornecer e como usá-la para ajudar seus bairros e a sociedade em geral.

Levando a geração Z além do conhecimento digital

Abra o diálogo

Mesmo se você não estiver totalmente confiante em suas próprias habilidades tecnológicas, poderá ajudar a desenvolver habilidades de cidadania digital em outras pessoas. Se você se sentir à vontade durante as conversas do dia a dia, descreva uma situação técnica que você encontrou e pergunte aos membros da família se eles já experimentaram algo semelhante. Você pode dar a eles a chance de compartilhar como eles lidaram com isso ou como isso os fez sentir. Isso pode ajudá-los a pensar criticamente e a reagir com empatia, e pedir conselhos pode fazer com que se sintam apreciados e capacitados, mas abrir a conversa também pode ser tão simples quanto perguntar se eles viram alguma coisa online ultimamente que acharam interessante ou queriam conversar.

Compartilhe o acesso a treinamentos gratuitos e acessíveis

Os sistemas de gerenciamento de conteúdo de código aberto tornaram a publicação online acessível a um grupo mais diversificado de pessoas. Dezenas de plataformas de conteúdo oferecem treinamento prático gratuitamente ou a baixo custo. O WordPress.tv , o LinkedIn Learning e outros têm bibliotecas de vídeo de baixo custo com milhares de palestras e workshops gravados, e a equipe de treinamento do WordPress possui excelentes planos e materiais de aula para download. Essas plataformas não apenas apresentam conteúdo que ajudam a desenvolver habilidades de criação de tecnologia e conteúdo, mas também informações sobre ética, diversidade e construção de comunidades.

Encontre um senso de comunidade e pertencimento

Uma das desvantagens do aumento da digitalização é que as gerações mais jovens e todos nós, de forma geral, tendemos a passar menos tempo saindo pessoalmente. O tempo digital gasto com outras pessoas não substitui a interação pessoal. A conscientização e a compreensão mútua que surgem da interação entre os dois lados são necessárias para habilidades interpessoais positivas. Isso é difícil de substituir nas comunidades digitais e essas habilidades só podem ser aprendidas com muita prática.

Aprenda os vários benefícios do voluntariado

Existem eventos do WordPress em todo o mundo que oferecem um ótimo lugar para aprender novas habilidades para compartilhar com sua família e amigos. Alguns trabalham com escolas e faculdades para oferecer eventos especiais abertos a todas as idades. Também existem várias maneiras de se voluntariar com o projeto WordPress que pode ser feito em casa para praticar novas habilidades.

Além de participar de eventos onde você pode aprender habilidades e conviver com outras pessoas com interesses semelhantes, o ecossistema do WordPress oferece inúmeras oportunidades para se envolver ativamente. Profissionais, entusiastas e alunos fazem a diferença, contribuindo para a criação contínua da plataforma WordPress. Essas pessoas, juntas, conhecidas como colaboradores, formam a comunidade de código aberto do WordPress.

O WordPress é criado por colaboradores voluntários

Esses colaboradores não apenas estão criando uma plataforma incrivelmente flexível para tudo mundo usar, mas também um ambiente em que você pode continuar aprimorando suas habilidades, tanto técnicas quanto interpessoais. Projetos de software de código aberto podem apresentar pessoas que, de outra forma, não teriam a chance de conhecer, local e internacionalmente. Se você gosta de aprender e de encontrar outras pessoas com quem se conectar, o WordPress tem muitas maneiras de conhecer colaboradores pessoalmente!

Os eventos do WordPress são organizados por voluntários

Os eventos da comunidade do WordPress são feitos por voluntários. Essa pode ser uma ótima maneira de retribuir ao projeto e praticar todos os tipos de habilidades. Converse com a equipe que faz eventos localmente sobre como você pode participar, e se quiser também levar adolescentes mais velhos e adultos jovens. Você não precisará de habilidades técnicas pré-existentes para participar desses eventos, mas elas são uma ótima maneira de descobrir áreas sobre as quais você pode querer aprender mais.

Os dias de contribuição oferecem uma ótima oportunidade para participar

Esses eventos foram projetados especialmente para ajudar você a se envolver na construção da plataforma WordPress de código aberto. Você pode colaborar com outros membros da comunidade e encontrar áreas adequadas para você usar e aumentar suas habilidades. Todas as tarefas que você descobrirá em um evento podem continuar em casa e algumas são fáceis de envolver outros membros da família no aprendizado e na adição de ideias.

Os colaboradores são de todos os tipos, origens e locais. Alguns podem morar perto de você e outros a milhares de quilômetros de distância. Trabalhar ao lado de muitas culturas e países diferentes pode abrir novas ideias para os jovens, permitindo que aprendam novas maneiras de fazer as coisas e descubram perspectivas diferentes. Todas essas perspectivas diferentes podem causar mal-entendidos, mas estar envolvido em uma comunidade global de aprendizado é uma ótima maneira de praticar a comunicação através das fronteiras culturais.

O envolvimento pode ser gratificante de várias maneiras (inesperadas)

A parte mais gratificante de participar ativamente dos eventos do WordPress é fazer amizades. Novas conexões geralmente se tornam amizades duradouras que provavelmente continuarão nos próximos anos, tanto online quanto offline. Com uma comunidade global, essas amizades também podem levar a muitas aventuras internacionais!

Preparando-se para o @WordCampBTN. Tenho minha mochila de 5 kg e minha passagem de ida para Londres em alguns dias. 🤩 O que devo fazer depois? 🙂 pic.twitter.com/cdQqeyNWif

– Sabrina Zeidan vai para #WCKyiv (@sabrina_zeidan) 10 de agosto de 2019

Torne nosso mundo digital mais seguro e inclusivo

Fazer amizade com pessoas de uma grande variedade de culturas e origens pode ser uma experiência enriquecedora. Também pode ajudá-lo a tomar decisões mais informadas. Quanto mais interagimos com uma gama diversificada de pessoas, mais empáticos nos tornamos. Algumas das aprendizagens mais valiosas que podem ser oferecidas à Geração Z (e provavelmente a todos nós às vezes) é que o que encontramos em comunidades digitais nem sempre é a visão completa.

Tudo considerado…

Qualquer pessoa que seja nativa digital pode não precisar de incentivo para obter habilidades técnicas, mas eles podem não estar cientes que as comunidades digitais ainda são comunidades e precisamos usar o mesmo tipo de habilidade das pessoas para locais offline e online. A abertura de conversas sobre situações que eles podem enfrentar online que exija que eles (re)ajam com responsabilidade, pode incentivar a pensar criticamente e agir com empatia. Comparados às gerações anteriores, os nativos digitais passam substancialmente mais tempo sozinhos enquanto usam dispositivos, incentivando a ingressar em comunidades da vida real, como o WordPress, pode ser o primeiro passo para aprender o que significa ser um bom cidadão digital!

Participação responsável em comunidades online

Em nosso primeiro artigo nesta série , destacamos a missão do WordPress de democratizar a publicação. O WordPress introduziu uma ferramenta para editores independentes e pequenos que não tinham os recursos das plataformas de publicação maiores. O acesso a um sistema de gerenciamento de conteúdo gratuito para criar sites permitiu que milhares de pessoas encontrassem sua voz online. As pessoas puderam compartilhar seu entusiasmo por hobbies, causas, produtos e muito mais. Por meio dessas diferentes vozes, podemos incentivar a compreensão, estimular a criatividade e criar ambientes onde a colaboração pode acontecer. Mas, à medida que construímos mais comunidades digitais, é fácil esquecer que a segurança online é um esforço coletivo.

A alfabetização digital também faz parte de ser um bom cidadão digital, contudo é mais do que apenas ser capaz de executar ações básicas com seu dispositivo móvel. A alfabetização digital refere-se ao conjunto de habilidades necessárias para fazer pesquisas online, configurar contas digitais e encontrar soluções para consertar dispositivos, entre outras coisas. Mas para poder desfrutar mais do mundo digital com segurança e responsabilidade — para ser um bom cidadão digital — precisamos ser capazes de:

  • navegar em grandes quantidades de informações sem ficar sobrecarregado;
  • avaliar uma variedade de perspectivas;
  • conectar-se com pessoas com respeito e empatia;
  • criar, selecionar e compartilhar informações.

Precisamos de nossas habilidades analíticas e sociais offline para que isso aconteça.

Aqui estão algumas práticas recomendadas que nossos membros da comunidade compartilharam!

Online ou offline, deixe a empatia ser sua bússola

A parte mais difícil de tudo isso é o anonimato das interações online. Quando não se está olhando no olho do outro, é fácil dizer algo ruim e chatear a pessoa com quem você está tentando se comunicar.

Em nossa vida cotidiana no mundo offline, os comentários são mais moderados e menos polêmicos. Dicas visuais nos ajudam a determinar como nossa fala é percebida. Isso, por sua vez, ajuda a ajustar nosso comportamento. Ação e reação é como aprendemos melhor.

Online, no entanto, a experiência é diferente. Um teclado não protesta se digitarmos mensagens irritadas e cheias de ódio. Uma tela não mostra sinais de ter sido ferida. A falta de presença humana física combinada com o anonimato dos alter egos online pode ser uma fórmula para comportamentos desrespeitosos e hostis. É bom lembrar que, por trás dos avatares e apelidos, existem pessoas reais. A mesma empatia que demonstramos em nossas interações pessoais também deve ser aplicada online.

Avalie criticamente suas fontes

Todos temos momentos em que consumimos informações com pesquisa e verificação de fatos limitados. Para alguns de nós, parece que não há tempo para pesquisar e comparar fontes diante de um mar de informações online. Para outros, pode haver incerteza sobre por onde começar e o que considerar. Mas, sem um pouco de ceticismo e pensamento analítico, corremos o risco de criar uma compreensão estreita ou incorreta do mundo. Com um pouco de esforço, podemos restringir o compartilhamento de notícias falsas e informações tendenciosas, principalmente em tópicos novos para nós ou com os quais não estamos familiarizados.

Desinformação pode se espalhar como fogo. Faça estas perguntas simples para avaliar as informações online:

  • Quem é a fonte da informação?
  • Isso é plausível?
  • A informação é um fato ou apenas uma opinião?

Possuir nosso conteúdo

Hoje em dia, nunca foi tão fácil copiar, colar e publicar o conteúdo de outra pessoa. Isso não significa que deveríamos! A publicação de conteúdo que não seja verdadeiramente “seu” em termos de redação e tom de voz dificilmente criará uma conexão com o público certo. Mas, igualmente importante, usar o conteúdo de outra pessoa pode violar direitos autorais e direitos de propriedade potencialmente intelectuais.

Para obter mais informações sobre propriedade intelectual, visite o site da Organização Mundial da Propriedade Intelectual.

Não ignore os termos e condições

Você já se inscreveu em um serviço online (para ajudá-lo a distribuir conteúdo publicado ou aceitar pagamentos) oferecido sem nenhum custo? Em nossas corridas vidas digitais, tendemos a ignorar os termos e condições ou avisos, e muitas vezes perdemos informações importantes sobre o que acontecerá com nossos dados.

Quando recebemos um contrato em papel, tendemos a lê-lo e relê-lo, dando a ele uma prioridade maior de nosso tempo. Podemos enviá-lo a outras pessoas para uma segunda opinião ou buscar uma revisão adicional antes de assinar. De forma notável, raramente fazemos isso com acordos online. Como resultado, podemos colocar em risco nossa privacidade e segurança online (o WordPress usa uma licença GPL e apenas coleta dados de uso que nunca compartilhamos).

Mantenha seu site seguro e saudável

Se você deseja se expressar online, também precisa proteger sua reputação, protegendo sua plataforma de publicação. Os sites podem enfrentar ataques de segurança. Os hackers podem tentar obter acesso através de configurações inseguras, plugins desatualizados e versões antigas de programas e, em casos extremos, podem tentar enganar seus visitantes. E o vazamento de dados do cliente pode até levar a consequências legais.

Além disso, os sites “sinalizados” por problemas de segurança podem levar a altas taxas de rejeição e eventual perda de posições em mecanismos de pesquisa. Isso pode afetar a forma como estes mecanismos classificam seu site ou até levar a um bloqueio.

As boas práticas para manter seu site seguro incluem alterar sua senha segura regularmente, instalar programas de segurança, um certificado SSL e manter os arquivos do programa, plugins e temas atualizados. Isso não garante que você mantenha os hackers afastados, portanto, sempre mantenha vários backups do seu site, de preferência offline e online.

Isso é só um pouco sobre segurança de sites. Se você quiser saber mais sobre como manter os sites seguros, confira alguns desses recursos e muitos outros vídeos em WordPress.tv.

Participe e ajude a tornar a internet um lugar melhor!

Como parte da semana da cidadania digital, gostaríamos de incentivá-lo a aprender e compartilhar habilidades com seus colegas, amigos e familiares. Dessa forma, todos nos tornamos mais informados sobre possíveis problemas e sobre como reduzir os riscos. Juntos, podemos facilitar a navegação na internet com mais eficácia e segurança!

Recursos adicionais

Verificação de integridade do site

O WordPress 5.2 introduziu páginas na interface administrativa para ajudar os usuários a diagnosticar problemas em seus sites. Eles podem ser encontrados no menu Ferramentas.

Segurança e SSL

Colaboradores

@chanthaboune, @yvettesonneveld, @webcommsat, @muzhdekad @alexdenning@natashadrewnicki, @oglekler, e Daria Gogoleva.

Tornando-se melhores cidadãos digitais por meio do código aberto

O projeto WordPress está em uma missão para democratizar a publicação. À medida que o WordPress capacita mais pessoas a participar no espaço digital, temos a oportunidade de garantir que todas as pessoas possam participar com segurança e responsabilidade. Hoje marca o início da semana da cidadania digital. Compartilharemos como o código aberto pode ser usado como uma ferramenta para estudantes (independentemente da idade) praticarem e modelarem as partes essenciais de ser um bom cidadão digital.

Continuar lendo “Tornando-se melhores cidadãos digitais por meio do código aberto”

Venha participar da comunidade do WordPress Brasil no Slack

Atualização (21/02/2020): Este post pode ter informações desatualizadas, veja a página dedicada ao Slack nos nossos guias e diretrizes para informações atualizadas.

O Slack é uma ferramenta poderosa de comunicação. É um espaço de interação dividido por segmentos, cada segmento é um canal com uma proposta específica. Você pode entrar nos canais do seu interesse e participar.

Continuar lendo “Venha participar da comunidade do WordPress Brasil no Slack”

WordPress Translation Day 4

O WordPress Translation Day é um evento que une a comunidade WordPress do mundo todo em um dia dedicado à tradução e localização de tudo relacionado ao WordPress. São milhares de participantes espalhados ao redor do mundo, e todos com o mesmo objetivo: estender o alcance do WordPress e torná-lo mais inclusivo e acessível. A edição de número 4 acontecerá no sábado dia 11 de maio de 2019.

Continuar lendo “WordPress Translation Day 4”