Pessoas do WordPress: Daniel Kossmann

Neste mês, destacamos Daniel Kossmann, um engenheiro de software da América do Sul que compartilha seu entusiasmo pelo WordPress em todas as oportunidades.

A série Pessoas do WordPress (em inglês: People of WordPress) apresenta histórias inspiradoras de como a vida das pessoas pode mudar para melhor através do WordPress e sua comunidade global de colaboradores.

A aventura de Daniel com o WordPress começou em 2009, quando procurava uma maneira de publicar e compartilhar artigos sobre filmes. Desse pequeno começo, ele agora desfruta de uma carreira interessante e variada no Brasil e ainda vai além, ampliando constantemente suas conexões com a comunidade.

Acompanhar o WordPress e suas novas funcionalidades fascina Daniel, e ele está sempre buscando maneiras de compartilhar o que o WP tem a oferecer. Seu foco inicial no WordPress para publicação de conteúdo logo se tornou uma apreciação mais ampla da capacidade da plataforma de construir comunidades e carreiras.

Daniel atuou como organizador da comunidade por sete anos em Curitiba, Brasil, e co-organizou quatro eventos anuais do WordPress Translation Day (Dia da Tradução do WordPress) na cidade. Iniciativas de construção de comunidades, como essas, atraem novos voluntários e ajudam a impulsionar grupos locais de usuários.

Agora trabalhando como gerente de engenharia de software, Daniel mantém seu interesse em apoiar a comunidade WordPress através de uma newsletter em português.

Encontrar o WordPress para publicar conteúdo pode ser transformador

As habilidades de desenvolvimento web de Daniel foram inicialmente autodidatas, impulsionadas pelo seu interesse em tecnologia e videogames. Ele desenvolveu sistemas em ASP e PHP, e criou materiais online para ensinar outros a criar sites.

Quando chegou a hora de escolher o curso de nível superior, não teve dúvidas de que seria algo relacionado a computadores e escolheu Ciência da Computação na Universidade Federal do Paraná.

“Para poder me concentrar mais no conteúdo do que na programação, acabei conhecendo o WordPress. Foi amor à primeira vista!”

Em 2009, lançou um blog público sobre filmes que se tornou um centro para conteúdo cultural relacionado a cinema, literatura e quadrinhos. O blog tinha colaboradores de várias cidades do país. Ele achou o WordPress uma ferramenta fácil para publicar artigos. Isso permitiu que passasse mais tempo escrevendo conteúdo em vez de ter que usar suas habilidades de engenharia de software para escrever código.

No entanto, uma vez que descobriu a amplitude e versatilidade do software, quis construir temas e funcionalidades para personalizar sites.

Enquanto procurava tutoriais, se deparou com um evento do WordPress acontecendo em sua própria cidade. Esse evento, o WordCamp Curitiba 2010, teve um profundo impacto no Daniel.

“Outros eventos de tecnologia que participei cobravam mais que o dobro deste WordCamp, mas não ofereciam metade das coisas dele.”

Daniel foi inspirado não apenas pelas palestras, mas também pela gentileza mostrada por outros no evento. Sua timidez inerente significava que tinha que sair de sua zona de conforto para socializar. No entanto, o acolhimento dos participantes e a recepção que recebeu tornaram isso menos assustador. Ele foi fisgado pela comunidade que conheceu e prometeu ser voluntário no próximo WordCamp e até se candidatar como palestrante.

Daniel dando uma palestra no WordCamp São Paulo 2018 sobre Gutenberg

Menos de dois anos depois, Daniel ajudou a organizar o WordCamp em Curitiba 2012, e lá deu sua primeira palestra pública. Foi um momento importante na sua jornada. Ele está determinado em continuar melhorando suas habilidades de oratória a cada vez que se apresenta e a ajudar outros a fazerem o mesmo.

Do usuário do WordPress a empreendedor

Daniel sonhava em começar sua própria empresa desde criança. Após sua formatura na universidade em 2011, decidiu realizar esse sonho. Ele abriu uma empresa de desenvolvimento web, imaginando-a como um laboratório de projetos criativos.

Inicialmente, trabalhou com uma variedade de sistemas e linguagens de programação. Logo depois, percebeu que manter múltiplas soluções exigia tempo e esforço consideráveis. Então, optou por usar uma única plataforma, o WordPress. Ela oferecia facilidade de uso para seus clientes e a possibilidade de oferecer vários tipos de sites.

“Essa decisão me permitiu mergulhar ainda mais na plataforma, fazendo soluções melhores e mais rápidas de entregar para meus clientes”, disse Daniel.

À medida que a empresa crescia, expandiu os serviços oferecidos para incluir suporte, manutenção, cursos, consultoria e hospedagem otimizada para WordPress. Isso deu a Daniel acesso a uma gama mais ampla de clientes e maior especialização na plataforma WordPress.

Mesmo sendo uma empresa pequena, Daniel queria retribuir à comunidade do WordPress. Ao usar este software de código aberto, o negócio não enfrentou os custos de usar plataformas comerciais. Ele então sentiu que deveria investir de volta no software e em sua comunidade tanto quanto pudesse, desde patrocínio de eventos até colaborando nas Equipes de Colaboradores.

Suas contribuições na comunidade incluem palestras em meetups e WordCamps para compartilhar o que ele aprendeu no dia a dia do trabalho. “Sempre foi e ainda é um grande prazer poder fazer essas contribuições”, afirmou.

Em 2019, após oito anos da sua fundação, decidiu fechar sua empresa e começar um novo capítulo como Coordenador de Desenvolvimento. Seu foco continua sendo o WordPress, tanto profissionalmente quanto na comunidade.

Apoiando localmente: reenergizando a comunidade WordPress de Curitiba

Daniel palestrando no meetup de Curitiba em 2016

Após o WordCamp em Curitiba em 2012, a comunidade da cidade fez uma pausa na organização de eventos. Três anos depois, Daniel estava ansioso para ajudar a reiniciar os meetups em Curitiba. Ele se conectou com outros na comunidade brasileira para encontrar uma maneira de apoiar tanto os usuários finais do WordPress quanto as empresas que usam a plataforma. Por meio da ferramenta de mensagens instantâneas Slack, o evento foi reiniciado em agosto de 2015. Todo o planejamento foi feito virtualmente e os organizadores só se conheceram pessoalmente no dia do evento.

Embora não tivessem muita experiência em planejamento de eventos, os organizadores do meetup estavam determinados a garantir que os participantes se divertissem e desfrutassem de uma atmosfera descontraída. Eles queriam que as pessoas se sentissem à vontade para socializar e conversar antes e depois das palestras. Um dos elementos mais bem-sucedidos desses meetups focados no usuário foram as dicas que os participantes compartilhavam.

Para Daniel, ficar de frente com as pessoas para apresentar o evento ainda não era fácil. No entanto, sabia que a única maneira de superar sua timidez era continuar a praticar e melhorar sua autoconfiança. Essa determinação e senso de realização o inspirou a incentivar outros a apresentarem palestras e compartilhar as dicas que utiliza.

O meetup de Curitiba continua a prosperar. Embora Daniel tenha mudado a forma que apoia a comunidade, tem um carinho duradouro por ela. Isso o tornou um defensor de grupos locais como o coração da comunidade WordPress. Ele acredita que o interesse e o entusiasmo pelo aprendizado compartilhados nos meetups ajudam a aumentar o interesse dos participantes tanto no software quanto em sua comunidade, e sua disposição para participar.

Compartilhando os benefícios do WordPress em todo o Brasil

Daniel apresentando em um meetup de Curitiba em 2019

Em junho de 2019, Daniel criou uma newsletter, PainelWP, para divulgar conteúdo sobre o WordPress em português e inspirar outros a criarem conteúdo nesse idioma.

Daniel acredita que traduzir é uma maneira poderosa de tornar o WordPress mais acessível para pessoas que não falam inglês, o que é o caso de muitas pessoas no Brasil.

Em 2021, Daniel começou a escrever regularmente sobre o WordPress em seu blog também. Ele continua publicando notícias semanais, tutoriais, dicas e compartilhando eventos.

Conselhos para futuros colaboradores do WordPress

Daniel acredita que a comunidade do WordPress é um dos pontos fortes da plataforma. Ela atrai pessoas com uma variedade de habilidades técnicas e experiências, e se esforça para ter um espaço diverso e aberto para trocas.

Há inúmeras maneiras de contribuir para o WordPress que não envolvem código. Ele disse: “Sou um grande evangelizador do aprendizado em público. Uma ótima maneira de colaborar é criar seu blog com WordPress e compartilhar sua jornada de uso, escrevendo sobre dicas e recursos úteis. Isso eventualmente te levará à documentação oficial do WordPress e, quanto mais você usar, mais oportunidades de melhorias você verá. Então você pode começar a contribuir para aprimorá-lo. Além disso, você pode escolher um plugin ou tema que usa e ajudar com sua tradução.”

Ele acrescentou: “Meu maior conselho para quem está começando a contribuir para o WordPress é começar com um pequeno passo, talvez resolvendo um bug fácil ou corrigindo um erro de digitação, e criar uma rotina para trabalhar consistentemente nisso como, por exemplo, uma hora todo fim de semana.”

Daniel fez várias amizades duradouras, recebeu indicações profissionais por conta da sua participação em eventos da comunidade e desfruta de uma carreira que continua a ter variedade e coisas novas para aprender.

Sua mensagem final é para que participem dos encontros locais do WordPress ou online em outras cidades, e se inspire como ele tem se inspirado por 14 anos e ainda continua.

Compartilhe as histórias

Ajude a compartilhar essas histórias de colaboradores de código aberto e continue a crescer a comunidade. Conheça mais WordPressers na série Pessoas do WordPress.

Para ajudá-lo a descobrir mais sobre como usar o software WordPress, confira os recursos e artigos gratuito da comunidade em Learn.WordPress.org

Colaboradores

Obrigado ao @kossmann por compartilhar suas aventuras no WordPress.

Obrigado a Abha Thakor (@webcommsat), Larissa Murillo (@lmurillom), Meher Bala (@meher), Chloe Bringmann (@cbringmann) pela pesquisa, entrevistas e escrita deste artigo de destaque.

A série Pessoas do WordPress agradece a Josepha Haden (@chanthaboune) e Topher DeRosia (@topher1kenobe) pelo apoio.

Artigo originalmente publicado em inglês no blog da Comunidade do WordPress em 31 de janeiro de 2023. Traduzido por Daniel Kossmann, com ajuda do ChatGPT, e revisado por Guga Alves, Pamela Ribeiro e Ramon Ahnert.

Deixe um comentário