AMP

Descrição

The AMP Project is an open-source initiative aiming to make the web better for all. AMP enables web experiences that are consistently fast, beautiful and high-performing across distribution platforms. AMP formerly stood for “Accelerated Mobile Pages”, but now works completely across desktop and mobile. The official AMP plugin for WordPress supports fully integrated AMP publishing for WordPress sites, with robust capabilities and granular publisher controls.

Recursos e capacidades fornecidas pelo plug-in incluem:

  • Experiência AMP-first: Ativando experiências com site completo em AMP sem sacrificar a flexibilidade da plataforma ou a fidelidade de conteúdo.
  • Core Theme Support: enabling AMP compatibility for all core themes, from Twenty Ten all the way through Twenty Twenty.
  • Ferramenta de Compatibilidade: Quando a conversão automática do markup para AMP não é possível, debug os erros de validação AMP com informações detalhadas, incluindo a marcação inválida e os componentes específicos responsáveis no site(por exemplo, tema, plug-in, incorporação); erros de validação serão exibidos contextualmente com seus respectivos blocos no editor.
  • CSS Tree Shaking: Remove automaticamente a maioria do CSS não utilizado para colocar o total do estilo abaixo dos 50KB exigido pelo AMP; Quando o total após o tree shaking ainda ultrapassar esse limite, a priorização é usada para manter todas as partes mais importantes da folha de estilo do seu tema, deixando os menos importantes a serem excluídas(por exemplo, estilos de impressão).
  • AMP Stories (beta): o plug-in AMP permite a criação, edição e publicação de AMP Stories no WordPress; aproveite a mágica de contar histórias da maneira WordPress!

O plug-in pode ser configurado para seguir três diferentes modos de template: Standard, Transitional e Reader. No modo Standard você usa AMP como o framework do seu site e esse modo não separa seu site em duas versões AMP e não-AMP. Quando configurado para operar no modo Reader e Transitional, a página terá uma URL canonical e uma URL AMP correspondente(emparelhada). O plug-in AMP não está servindo como tema móvel; ele não redireciona os dispositivos móveis para a versão AMP. Em vez disso, a versão AMP será veiculada aos visitantes móveis quando eles encontrarem o conteúdo em plataformas como Twitter, Pinterest e Pesquisas do Google e outras. O modo Reader suporta apenas a exibição do AMP para postagens singulares, páginas e outros tipos de postagem, enquanto os modos Standard and Transitional suportam servir todo o site em AMP.

Com o plugin oficial AMP para WordPress, o ecossistema WordPress é provido com recursos e ferramentas necessárias para criar experiências AMP de classe mundial sem se desviar de seus padrões, flexibilidade e seu conhecido workflow para criação de conteúdo.

Introdução

Para saber mais sobre o plug-in e começar a aproveitar seus recursos para potencializar o fluxo de trabalho e criação de conteúdo AMP veja O site oficial do plug-in AMP.

Se você é um desenvolvedor, encorajamos você a acomponhar ou contribuir com o desenvolvimento do plugin no GitHub

Imagens de tela

  • Crie ótimas experiências na web com sites em AMP, ou Stories cativantes e visualmente ricas.
  • O editor de Story habilita a criação de páginas na horizontal, baseada na interface de criação de páginas, com mídia de background e com blocos que podem serem arrastados, rotacionados e animados.
  • Na experiência de websites, o suporte a temas permite reutilizar os templates do tema ativo e as folhas de estilo; todos os recursos do WordPress (menus, widgets e comentários) estão disponíveis em AMP.
  • All core themes are supported, and many themes can be served as AMP with minimal changes, Otherwise, behavior is often as if JavaScript is turned off in the browser since scripts are removed.
  • Reader mode templates are still available, but they are differ from the active theme.
  • Switch from Reader mode to Transitional or Standard mode in AMP settings screen.
  • Standard mode: Using AMP as the framework for your site, not having to maintain an AMP and non-AMP version. Mobile and desktop users get same experience.
  • Transitional mode: A path to making your site fully AMP-compatible, with tools to assist with debugging validation issues along the way.
  • Disponibilize todo o site em AMP ou escolha post types e templates específicos; você pode também cancelar a inscrição por postagem.
  • Plugin checks for AMP validity and will indicate when: no issues are found, new issues need review, or issues block AMP from being served.
  • O editor apresentará problemas de validação durante a criação do conteúdo. Os blocos específicos com erros de validação serão indicados.
  • Each Validated URL shows the list of validation errors encountered, giving control over whether invalid markup is removed or kept. Keeping invalid markup disables AMP.
  • Each validation error provides a stack trace to identify which code is responsible for the invalid markup, whether a theme, plugin, embed, content block, and so on.
  • Os estilos adicionados por temas e plug-ins são automaticamente concatenados, reduzidos e alterados para tentar manter o total abaixo de 50KB de CSS inline.
  • Um comando WP-CLI é fornecido para verificar as URLs em um site para validade AMP. Os resultados estão disponíveis no admin para inspeção.

Blocos

Este plugin disponibiliza 5 blocos.

amp/amp-story-post-author
AMP
amp/amp-story-post-date
AMP
amp/amp-story-post-title
AMP
amp/amp-latest-stories
AMP
amp/amp-story-page-attachment
AMP

Instalação

  1. Envie a pasta para o diretório /wp-content/plugins/
  2. Ative o plugin por meio do menu ‘Plugins’ no WordPress.
  3. Se você atualmente usar versões mais antigas do plugin no modo Reader, é altamente recomendado migrar para o modo Transitional ou Standard. Dependendo do seu tema/plugins, algum trabalho de desenvolvimento pode ser necessário.

FAQ

Please see the FAQs on amp-wp.org. Don’t see an answer to your question? Please search the support forum to see if someone has asked your question. Otherwise, please open a new support topic.

Avaliações

3 de janeiro de 2020
A must-have plugin for my websites. This plugin has taken care of everything one needs for going AMP with existing themes.
2 de janeiro de 2020
I really wanted this to work. It ran the pages really fast. I think Google pads the data for how fast to make it seem better than it is. The real problem is that it is super difficult to get auto ads to work with this plugin. I spent hours with different plugins, options, following help guides and not one actually was able to display ads from Google adsense. Turn the plugin off and ads are back. As much as I want lighter and nimbler the site has to make money. This plugin prevented me from doing that.
16 de dezembro de 2019
There is not much one needs to do while using the official AMP plugin. You need to install and activate the plugin. It does the job for you! The best thing about the plugin is the outstanding support you can get on the support forum. James Osborne was very helpful in many of the topics I created. I would definitely recommend this plugin if you want to implement AMP on your website.
12 de dezembro de 2019
Great Plugin and Excellent Support due to which will be able to convert my site in AMP very Soon !! Cheers to Support team !!
12 de dezembro de 2019
Plugin's contributors provide good support and provided solution for my question in support forum regarding webp images support. Plugin needs improvements like support for <picture> element which is introduced in HTML5. I will request plugin contributors to add support for picture element ASAP.
Leia todas as 199 avaliações

Contribuidores e desenvolvedores

“AMP” é um software com código aberto. As seguintes pessoas contribuíram para este plugin.

Contribuidores

“AMP” foi traduzido para 20 localidades. Agradecemos aos tradutores por suas contribuições.

Traduzir “AMP” para o seu idioma.

Interessado no desenvolvimento?

Navegue pelo código, dê uma olhada no repositório SVN ou assine o registro de desenvolvimento via RSS.

Registro de alterações

Para o changelog do plugin, veja the Releases page on GitHub.