Proposta: Mudança na estrutura de solicitações da equipe de tradução

Alterado em 2021-30-03: Alterei o post de acordo com a sugestão do @claudiosanches para usarmos este P2 como lugar de gerenciamento das solicitações no lugar de usar os fóruns.


A proposta tem o objetivo de mudar as ferramentas e formato de pedidos para PTE, revisões de strings e para ajustes no glossário.

Atualmente qualquer pessoa pode criar uma conta no Slack e pelo Slack são realizadas todas as solicitações. Além disso, também é possível solicitar revisões e pedidos de PTE no P2 do Polyglots da comunidade internacional.

Local para gerenciamento das solicitações

O Slack é certamente uma ótima ferramenta e acredito que faz sentido mantermos como o principal espaço de comunicação da comunidade. Mesmo assim, ao usarmos o Slack temos os seguintes problemas:

  • Todo conteúdo é perdido depois de um tempo (considerando que estamos usando a versão grátis do serviço).
  • Não conseguimos ter uma visão clara do andamento de cada solicitação, então muitas coisas são completamente ignoradas e algumas solicitações não são atendidas por ordem de prioridade e/ou ordem cronológica.
  • Não conseguimos saber quem foi responsável por aprovar/recusar uma solicitação de PTE ou o processo em torno disso. Isso pode ser um problema se a mesma pessoa aparecer novamente com a mesmo solicitação ou com uma solicitação para outro plugin.
  • Não temos acesso aos dados de contribuição no perfil do WordPress.org, e acabamos tendo mais dificuldade de saber se um GTE está inativo na comunidade.
  • No caso de sugestões de mudanças no glossário, algumas coisas não se resolvem e ficam perdidas. Além disso, também não conseguimos ver o que foi discutindo antes se quisermos rever um item do glossário.

A minha sugestão é retirarmos todos os canais de solicitação atuais e centralizarmos no site de equipe da comunidade local (também conhecido como P2). Isso permitiria termos maior controle das solicitações e resolveríamos todos esses problemas.

Dessa forma, podemos manter o Slack como um ambiente para conversa ou para opinião sobre traduções e usarmos o site da equipe para evoluirmos coisas mais relevantes e solicitações da comunidade.

Revisão de strings e solicitações por autores

Atualmente a maioria dos pedidos de revisão de tradução são feitos por autores de plugins/temas. Geralmente esses pedidos acontecem no P2 do Polyglots.

O maior problema desses pedidos é que não conseguimos levar feedback para a pessoa que traduziu, o que tira toda escalabilidade da nossa colaboração. Isso quando não é utilizado tradução automática e foi “traduzido” por uma pessoa que nem mesmo sabe Português Brasileiro. Isso já se provou ser algo que atrasa o processo e que não traz um resultado realmente positivo.

Acredito que o caminho seja retirarmos essa parte 100% do processo e, por padrão, GTEs não aprovarem/recusarem traduções manualmente de plugin/temas (apenas outros projetos como meta ou core, além de projetos pessoais de GTEs). Isso significa que iriamos revisar a qualidade de tradutores e iriamos promover para PTE, sem editar as strings diretamente.

Isso não iria retirar o espaço dos autores do processo e esses autores ainda poderiam se empenhar para entrarem em contato com os tradutores e enviarem os tradutores para a comunidade local. Lá teríamos um contato direto com esses tradutores e poderíamos nos comunicar sobre mudanças nas traduções.