Suporte » Desenvolvendo com WordPress » Tradução Site

Visualizando 3 respostas - 1 até 3 (de um total de 3)
  • olá @andyvalente,

    o pessoal do WPMU DEV sugere o uso de Multisite, o que faz sentido, conforme o guia abaixo,

    https://premium.wpmudev.org/blog/multilingual-wordpress-site-multisite/

    eu penso que dependendo do resultado que deseja, você pode usar o sistema de categorias. já há no WordPress o de posts e se você precisar pode adicionar, inclusive por meio de plugin, categoria para páginas.

    com categorias, você pode ter o seu dominio.com e então colocar conteúdos em dominio.com/es e dominio.com/en, sendo es e en categorias. mas é algo que exige uma boa edição da página de categorias, então daria um certo trabalho de design. e é uma solução mais simples, mas que permite não usar plugins.

    abraços e boa sorte,

    Ralden

    Olá @andyvalente,

    Este é um dos melhores comparativos de plugins de tradução que já vi, e está disponível em português em https://pt.wplang.org/wordpress-multilingue-melhores-plugins-traducao/. Ao final do artigo a autora menciona a opção de usar um multisite, como sugerido pelo @ralden.

    Neste outro artigo (em inglês), ela dá o passo a passo de como fazer um multisite multilíngue: https://wplang.org/wordpress-multisite-multilingual/

    No meu site eu utilizo o WPML, que já me deu muito problema. É um plugin complexo e convoluto, com opções espalhadas por diversas páginas. Tem um foco grande numa ferramenta que eu não uso, que é uma espécie de gerenciador de traduções. Assim vc pode abrir contas no seu site para os tradutores, que terão acesso ao arquivo na língua original e à ferramenta de tradução. Feita a tradução, vc pode aprovar etc. O benefício de uma ferramenta dessas vai depender de se você terceiriza as traduções e do volume de tradução. Apesar das dores de cabeça que eu já enfrentei, sempre que pesquisei sobre isso achei um grande número de críticas feitas também aos principais concorrentes desse plugin. Hoje, se for refazer o site, tentaria partir para a solução do multisite. Mas que também é uma opção complexa e pode dar algumas dores de cabeça, cf admite a autora dos posts mencionados.

    Em relação à sua pergunta específica quanto a criar subdiretórios para cada língua, tanto o WPML quanto a solução de multisites podem ser configurados para isso, como acredito que o Polylang e outros plugins também o façam. Foi a configuração que eu adotei no meu site. Hoje não utilizaria, por uma questão de SEO. É que se as páginas traduzidas forem muito pouco visitadas, puxam pra baixo a pontuação geral do site no Google, enquanto a solução por subdomínio, www. ou .br para português, es. para espanhol, en. para inglês etc, separa o SEO de cada subdomínio.

    Boa sorte!

    @ralden e @cbrandt

    Testei as duas formas e ambas funcionam muito bem, obrigado pela ajuda.

    Abs

Visualizando 3 respostas - 1 até 3 (de um total de 3)
  • Você deve estar logado para responder a este tópico.