Suporte » Ajustando o WordPress » Deixar site mais rápido

  • Bom dia!

    Estou anunciando meu site no Google ADS mas o próprio Google fala que a velocidade da página em redes 4G é de 6 segundos e está lenta.

    Eu gostaria que vocês que são especialistas em WordPress me dessem algumas dicas para melhorar o desempenho deste site em especifico. Agradeço desde já!

    A página que eu preciso de ajuda: [fazer login para ver o link]

Visualizando 4 respostas - 1 até 4 (de um total de 4)
  • Bom dia! Vou responder boas práticas que você pode fazer sem mexer no código, porque não sei programar:

    1 – Primeiro, confira com o pessoal do suporte do seu servidor se está tudo atualizado: o sistema operacional, a base de dados e o PHP. A sua versão do WordPress também deve estar atualizada, assim como os plugins. E os plugins que o site não estiver usando devem ser desativados. Se você tem certeza que não vai mais usar um plugin, delete.

    2 – Você também pode usar plugins de caching e otimização das páginas. Caso você não conheça o termo, segue uma breve explicação: Sites WordPress são diferentes dos sites feitos com HTML e CSS porque são páginas carregadas em pedaços. Cada página ou postagem tem: o menu superior, o rodapé, o conteúdo específico da página e, dependendo do site, uma barra lateral. Carregar tudo isso exige muito, o que deixa o site mais lento. É a diferença entre você ir num fast food que vende um hambúrguer montado e um em que você monta o seu sanduíche. Você passa muito mais tempo no balcão porque precisa montar o seu sanduíche antes de pagar.
    Agora imagine que cada visitante do seu site está chegando ao seu balcão e pedindo uma página. Você precisa de um balcão com vários atendentes para atender às pessoas sem demora. Ou você precisa de super funcionários no fundo, montando todos os sanduíches possíveis de fazer com os seus ingredientes e deixando guardadinhos. Chegou alguém, entrega pronto. É possível fazer isso com as páginas: já salvar cada uma, amarradinha. Essa “magia” de fazer páginas se chama caching.

    3 – Preste atenção especial à otimização das imagens. Existem plugins que só convertem imagens para WEBP (formato desenvolvido pelo Google que é mais leve do que JPEG e PNG, mas só carrega no Google Chrome), como o WebP Express. Tem os que também comprimem as imagens nos formatos antigos, como o Imagify. Tem os que, além da compressão, fazem o chamado “lazy load”, e só carregam uma imagem quando ela aparece na página, como o Smush e o Shortpixel.

    4 – Use uma CDN (rede de entrega de conteúdo) para aumentar a velocidade e segurança do seu site. A Cloudflare oferece uma versão gratuita.

    5 – À medida que você fizer as melhorias, meça as alterações na velocidade com o Google PageSpeed Insights, que te mostra o tempo de carregamento. Além desse site, que avalia a versão desktop do seu site, o Google também oferece monitoramento dentro do Google Analytics (o serviço deles que monitora os acessos ao seu site) e o serviço “Test my Site”, que é exclusivo para testar as versões de celular (ou mobile) do site com velocidade 4G.

    Espero que isso ajude!

    saudações,

    essa é uma questão complicada e espinhosa, sem nenhuma unanimidade sobre o caso. há inclusive desenvolvedores que alegam que o Google exagera e que não é possível entregar o que eles querem.

    primeira coisa que indico é instalar o plugin Site Kit by Google,

    https://br.wordpress.org/plugins/google-site-kit/

    com ele você pode integrar com os principais serviços do Google. ai indico conectar com o Google PageSpeed. você vai ver que ele dará 2 resultados: para desktop e para mobile. para desktop o uso de cache e otimização (o que pode conseguir com plugins como swift performance ou autoptimize, por exemplo) já ajuda a ter bons resultados.

    mas mobile, ah mobile, aqui a coisa muda de figura. tanto que você verá que normalmente o resultado de mobile é muito pior que desktop. claro que pesa o fato de mobile ser avaliado a partir de internet de dados móveis, enquanto desktop é wi-fi.

    como designer que sou, o que eu estou TENTANDO e estudando é desenvolver sites amp-ready, pois ai a versão AMP do site, muito mais rápida que a normal, ainda irá rodar nos servidores do Google.

    além disso, em design hoje se trabalha muito com o mobile-first. ou seja, o site é construído pensado para mobile e depois é adaptado para o desktop – o oposto do que tradicional se faz. mesmo sendo um tema responsivo, se pensa todo o design para mobile primeiro e só depois se organiza o design para ficar fluído e agradável para desktop.

    você já viu o seu site em um celular? ele fica imenso. e as pessoas estão sempre com pressa… entendo que esteja usando um modelo de landing page de alta conversão do marketing digital. mas talvez devesse pesquisar por modelos de landing page focados em conversão criadas para mobile. a sua página é visivelmente pensada para desktop e não tem jeito de ser rápida mesmo em celular.

    enfim, são ideias e opiniões. que provavelmente outros voluntários dirão coisas diferentes.

    como se aprende quando se usa Teste A/B, não importa o que se acha, importa o que os números mostram. teste variações, veja o que gosta, veja o que traz conversões. e com o tempo, se ficar testando e aprimorando, terá um site veloz em mobile e que gere conversões.

    sucesso! [gassho]

    Olá,

    Sua página tem 8,6 megabytes, ou seja, carregar em 6 segundos não é mal não. O problema está no tamanho.

    Uma coisa que vc pode fazer, além das excelentes dicas já mencionadas, é visitar sua página com o recurso Ferramentas do Desenvolvedor (Developer Tools) aberta (F12 ou Ctrl-J no Chrome ou Firefox).

    Aí vc vai na aba Rede (Network) e com ela aberta, recarrega a página. Ali vc pode clicar para ordenar os arquivos por tamanho, e verá que tem 3 arquivos JS idênticos e pesados, com mais de 300 Kb, repetidos. Todos do YouTube. Precisa ver pq está carregando 3 vezes, se é um imperativo do YouTube, ou se algum plugin pode enxugar isso daí.

    Depois vc examina os arquivos de imagens (dá pra clicar e selecionar só imagens), e tenta otimizar como já foi sugerido.

    Outra coisa é evitar ter muitas conexões externas, pois não há nada que vc possa fazer para otimizar o site alheio. A única dica que eu deixo é usar o plugin Pre* Party Resource Hints para adicionar cabeçalhos HTTP que vão fazer a pré-conexão com esses sites externos, tipo YouTube, Google Analytics, Google Ads etc. Isso pode tirar mais ou menos 0,5 segundo a 1 segundo do tempo de carregamento, se for bem feito. O que o cabeçalho HTTP “preconnect” faz é conectar com esses sites assim que começa a carregar a página, e não somente quando os arquivos desses sites são solicitados mais tarde. Como em geral são conexões HTTPS, a negociação pode levar um tempinho, por mais que o site seja otimizado.

    Por fim, tenha em mente que Google é uma besta difícil de domar. Só de vc adicionar Google Ads numa página, ela pode ficar de 2 a 4 segundos mais lenta. Aí vem o outro serviço do Google, PageSpeed Insights, e reclama!

    Sucesso!

    Olá.

    Dicas para uma melhor carga:

    1 – Atrasar a carga do não essencial, ou seja, do que não aparece logo de cara para o usuário. Como imagens, css e javascripts.
    2 – Se possível executar o google analytics também depois do usuário carregar toda a página. Percebi que o google analytics sozinho é responsável por mais de 0.5 segundos em uma carga.
    3 – Otimizar suas imagens utilizando compressor de imagens, como, por exemplo: https://tinypng.com/
    4 – Utilizar um servidor próprio em vez de um compartilhado.
    5 – Ter compressão gzip e uso correto de cache em seu site.

    Isso e também dicas que já passaram aqui para você.

    A implementação do analytics, assim como execução atrasada de CSS e javascript você pode verificar como implementei em meu site:
    https://www.99contratos.com.br/contrato-locacao-residencial.php

    Espero ter ajudado

Visualizando 4 respostas - 1 até 4 (de um total de 4)
  • Você deve estar conectado para responder a este tópico.